O sentido das coisas

Bem como já falei aqui, esse blog surgiu como desabafo, meio que bronca, tentando me curar de uma desilusão. E há dois anos estamos aqui juntos. Esses últimos meses não foram fáceis. Até fiquei devendo escrever melhor. Mas é muito bacana poder interagir com todos vocês. Muito bom, quando vocês está só e recebe um email de um leitor, um comentário, e ver que o blog tem um significado e uma importância que muitas vezes não imaginavamos.

E esse é o snetido da vida, não é porque estou querendo dá uma de bonzinho que estou falando isso, mas o bacana é poder compartilhar experiência, poder mostrar uma lantenar lá no fundo, para que outras pessoas não se sintam sozinhas.

Aqui toda semana aprendemos uns com os outros e compartilhamos nossos erros e acertos.

Hoje queria pedir licença ao leitor Paulo e compartilhar com você, esse email bacana que ele nos enviou.

“Primeiramente, parabéns pelo trabalho do blog, ele é simples, mas objetivo, claro, gostoso de ler e principalmente muito interativo entre todos que leem, compartilham informações, idéias, ou mesmo situações vividas…achei ele por um acaso, ontem de madrugada, nessas madrugadas que a gente , as vezes procura um pouco de conforto, … procura por respostas, se pergunta se certas coisas só acontecem conosco mesmo, se a vida esta de complo contra nós.
Posso te dizer que encontrei um pouco de conforto, pois eu vi que algumas situações e outras frustações eu tb vivi, senti um pouco menos de solidão dentro de um labirinto.
Outro ponto interessante, são as postagens de links com musicas, ou trechos de filmes, cara eu não sei os outros, mas eu, lendo o post e escutando a música ou vendo o video, consigo sentir um pouco o que vc quis dizer, não apenas ler o post e blz ja era. Eu paro pra pensar e refletir.
Eu só posso desejar sucesso, agradecer pelos seus posts, e por compartilhar um pouco do que vc pensa com nós. O fato de vc ter 35 anos, e ter um pouco mais de experiencia, é como se fosse aquele irmão mais velho que quer o bem dos outros, sempre se preocupa, dá conselhos para não quebrar a cara ou pelo menos tentar não quebrar. Num mundo que as pessoas estão cada vez mais egoistas, pensando somente no próprio umbigo, eu pude sentir um pouco de calor humano, do tipo assim:  “Olha ta foda, mas vc não é o unico que passa por isto, então não desista… continue tentando, não abra a mão de tentar ser feliz”. “

Eu queria dizer ao leitor Paulo, que nesta noite de sábado, você com seu email me deu mais animo, agradecer a todos vocês por existirem e estarem aqui todos os dias lendo.

Obrigado.

Continuem lendo outros post clicando aqui

Anúncios

4 respostas para “O sentido das coisas”

  1. Aííí… o Paulo falou tudo. E o Paulo sente o que todos nós sentimos. Conforto. A palavra ideal para descrever o que escreves.

    Este blog é mesmo especial, e tu também és especial!

    Parabéns + uma vez, não deixes de postar nunca! 🙂

    abraçãããão de Portugal :p

  2. Nossa bem legal o post, me sinto bem assim como vc, essa coisa coisa de criar um mundo interior, só que comigo rola mais um detalhe, vivo me apaixonando por amigos hetéros q são para casar e nunca encontro um macho gay querendo alho mais sério do q só bjos e sexo, mundo conflitante esse….
    Boa sorte a nós na procura dos homens
    xD

    free music

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s