Visão generalizada gay, não nos ajuda

A sociedade adora generalizar a visão que tem dos gays, e parte do meio gay/homossexual (quero deixar essas nomemclaruras um dia) gostam também da generalização. Parace aquele coisa de empresa em que os profissionais que sabiam fazer tudo estão sendo deixados de lado em detrimento dos especialistas. Bom em parte, mas ruim na sua grande verdade, porque quando as coisas perdem o rumo, a casa fica a deriva, nas mãos de um especialista.

Vejam o comentário do nosso leitor Andrey, e que acho que resume bem as coisas, ele fez um posicionamento interessante.

A pressão é de fato grande. Para um grande número de pessoas ser assumido é virar uma bichona. Fazer de conta que o mundo é rosa, quando de fato é negro, cheio de preconceito e violência, perpetuando esteriótipos, não é o caminho. Acredito que quanto mais pessoas  mostrarem que ser homossexual vai muito além de uma bandeira colorida, resgatando valores que de fato fazem a diferença, aparecerem, vamos nós mostrar que esteriótipos e generalizações não condizem com a realidade.”

Realmente hoje vivemos numa sociedade descartável, em que os seres são rotulados e devem ser somente de uma forma, parece tudo uma ditadura. Então, imprimem que o hetero é homem; o gay/homossexual é bichinha, viado, e safado. Que hetero é macho e que gay/homossexual é uma pessoa afemenada.

A míopia que se espalhou dentro e fora do meio cria distorções, força alguns a se transformarem (acho isso uma fraqueza), essa parada de ter que se adequar a grupo não tem nada haver com seleção das espécies, e nem com evolução, como já ouvir gays falar.

Essa coisa que só os bonitos sobrevivem, é futil, é banal, sei que há isso no meio hetero, mas no gay/homo isso é assustador e letal. Outro dia um cara me falou que nós gays/homos somos a evolução, pois andamos arrumados, não temos pelos, não suamos, não fazemos atividade físicas primitivas (na cabeça dele a evolução é a academia, e o metrosexualismo exagerado).

Generalização leva a banalização do ser humano. Multilação da diversidade, reprime a liberdade do ser.

O que temos que lutar é por uma sociedade sem essa generalização e sermos fortes para não sermos engolidos por ela, achando que isso é bom.

Seja gay/homossexual diverso. Como já dizia a música dos Menudos “Não se reprima” rs.

Continuem lendo outros post clicando aqui

Anúncios

6 respostas para “Visão generalizada gay, não nos ajuda”

  1. Olha, fico contente em poder compartilhar meu pensamento com você e com seus leitores. A cada dia que passa, percebo que caras como nós começam a enxergar um caminho para mostrar ao mundo que nem todos são iguais e comungam da mesma fé. Um abraço.

  2. É um “prostituta” clichê, mas viva a diferença e que caras gays não enquadrados nos padrões de estereótipo possam se afirmarem na sociedade, isso é salutar.

    E quantoao seu amigo “evoluido” só posso nutrir dó por ele – triste. Lembremos qu e evolução seja qual for vem primeiro da atividade cerebral, e esse seu amigo parece malhar muito o corpo e esquecer da mente.

  3. Olá!
    Sou novo aqui no seu blog, mas estou gostando muito dos seus artigos, já que assim como eu, você não curte os “guetos”, nem tenta se adequar a ditadura de ser “bichona” hehehe.

    Bom, eu tenho, atualmente, apenas um amigo gay, todos os meus outros amigos são heteros, pelo simples fato que considero o “meio” muito frívolo, banal, superficial, melindroso, hedonista etc . É claro que no mundo das badalações hetero também existe isso, já que estamos na tal da ditadura da beleza, porém no mundo gay é quase uma lei. Meu próprio amigo gay diz que na noite é cada um por si, pois é uma caçada. ( COMO É???)

    Um dia me dispus a sair com esse meu amigo gay e um outro amigo dele. O cara era tudo de bom, lindo, maravilhoso, mas quando abriu a boca…

    Além disso, ele só se relaciona com caras tão lindos e sarados como ele, além de terem que ser ricos. Eu pensei comigo: QUE PORRA É ESSA????

    Será que essas pessoas ficaram assim tão IDIOTAS? Ou é de nascença mesmo?

    Eu adoro quando falo pra um novo amigo (hetero) que sou gay, ele vira com aquela cara de espanto: JURA?? Nossa, nem parece.
    Conseqüentemente eu explico que nem todo gay é “bichona”, gosta de andar rebolando, usa óculos escuros que tapa toda a cara (acho horrível hehehe),etc . Acredito que dessa forma eu mitigo o estereótipo da “bichona”.
    Bom, é isso aí. Parabéns pelo blog! Sucesso!

    1. Fala Calvin,

      Vou postar um trecho do seu comentário no post a seguir.

      De que cidade vc é?

      Muito bacana seu comentário.

      Abraçaoooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s