O que é sexo de verdade?

Sei que muitos pensam que o gay é um ser sexual e muitos de nós conjugam e pensam que somos somente isso, um pênis e etc para satisfazer somente a nossos instintos.

Mas a coisa mais bacana é quando se faz sexo com um parceiro “ideal” mesmo que ele não seja seu companheiro, mas o legal é encontrar alguém que lhe dá prazer não somente corporal, mas mental também. Infelizmente tem muito gay por ai que quer transformar o sexo, que é algo prazeroso em algo mecânico e fastfood, aquelas coisas que a gente sabe ser prazeres passageiros e momentâneos.

As pessoas deveriam descobrir que a cabeça de baixo, apesar de não pensar é comandada pela de cima, que pensa, raciocina, e assim tentar buscar ou entender que é importante fazer sexo que seja bom para ambos.

Já falei aqui que as vezes prefiro fazer sexo com ativos que vai ser um O x O por ter observado que alguns passivo se comportam de forma egoista, o cara fala sou passivo e não quer te beijar, não quer te tocar, te dar prazer em outras partes do corpo. Imagina uma mulher que fala para o companheiro “me penetre, mas não explore meu corpo e não me toque”. Infelizmente conheci alguns passivos assim, o que me fez criar uma barreira as vezes a está com eles, pelo o que acho ser um egoismo. Há também os ativos que acham na sua visão machista que o cara só deve ser o tal “comedor”, aquele que pega o outro põe na posição e o penetra, sem mais querer nada com o parceiro. Isso creio tanto em passivos, quantos em ativos é de um egoismo tremendo.

Sexo pela metade não é sexo, é qualquer outra coisa, é uma ilusão momentânea que dá prazer naquele instante e depois vem aquele vázio, que faz com que o cara procure mais e mais parceiros, isso é quase igual a uma droga, no qual o usuário, se satisfaz por instante, mas tem que ter novamente aquilo para não ver a situação em que se encontra, muito das vezes deprimente.

Já o sexo bem feito, em que os parceiros se exploram, mesmo que um seja ativo e o outro seja passivo, é o mais bacana, quando há contato corporal completo, há a conversa, jogos de sedução.

Creio que estamos vivendo o mau do mundo moderno, no qual as coisas se transformaram em instântaneas, rápidas e descartáveis. As pessoas estão desaprendendo a ter prazer, estão perdendo a real noção do que é bom, do prazeroso, do que faz bem, e trocando por coisas passageiras; não que a vida não seja assim, mas o que é passageiros deve ser bem provado e aproveitado, para guardar emoções que você possa levar e recordar, como foi bom.

Se descubram melhor no sexo, não se limitem, não evitem beijar, falar, se tocar. Deixem o fastfood de lado e aprendam o que é bom de verdade, o sexo que interage com os dois indivíduos envolvidos. Sexo que só satifaz 100% a um não é sexo, é egoismo.

Continuem lendo outros post clicando aqui

Anúncios

10 respostas para “O que é sexo de verdade?”

  1. Você falou a verdade,esse tipo de sexo é uma coisa vazia ,até podemos dizer uma coisa sem graça.Talvez explorar o corpo do outro seja uma forma de fazer sexo com amor.

  2. Blogueiro, concordo demais e assino embaixo de seu post. Sexo para mim é muito mais do que penetração. Sexo é troca de energias, de vontades, de desejos, carinhos e experiências. É a descoberta do corpo do outro, por inteiro. É muito mais o “antes” e o “depois” do que o “durante”. É o envolvimento e a excitação produzidos pela voz do cara, pelo seu toque, por cada movimento. É a troca de olhar que produz sentidos, significados. É sentir os dois corações batendo disparado, é curtir a respiração do outro. É poder sentir que os protagonistas ali nao são os dois pênis, mas duas pessoas que estão juntas, que se querem bem e que são capazes de continuar se dando bem (e se querendo…) mesmo após uma gozada. .

    Posso parecer esquisito, sei q muitos nao pensam assim, mas as vezes um simples toque, uma conversa banal, um abraço verdadeiro e um beijo sincero têm efeito tão (ou até mais) prazeroso que uma transa.

    Sexo para mim é uma forma de vínculo, de ligação. Temporária ou duradoura, nao importa… Sou eu que estou ali, não um pedaço de mim… Penso e sou assim, e disso não pretendo abrir mão.

    Abraço, brother!,

    Miguel

  3. Vou ser bem sincero estou no pré-vestibular estudando muito sem tempo paciência atualmente para qualquer romance além dos meus pais e a maioria dos meu amigos não saberem da minha condição resumindo estou sem tempo atualmente para romances. O jeito é o sexo por sexo que tem suas vantagens e na maioria das vezes é bom apesar de já ter acontecido comigo de pegar passivos e ativos que não deixam explorarem o seu corpo e acaba que só eles sentem prazer teve uma vez que foi tão ruim que fiquei pensando na prova de matemática detalhe eu odeio essa matéria e olha que o lugar em que estavamos fazendo era bem diferente pelo menos pra mim era exotico bom o sexo foi horrivel foi o pior até hoje tenho trauma que pena pois o lugar era ótimo.

    1. Tem uns sexos que fazemos que não vale a pena, as vezes sexo solitário funciona melhor que muita cama rs

  4. Olha ta ai meu medo , ja me envolvi com varios caras mais os tal , agia como se eu fosse um sugador de penis . Nao tocava em meu corpo ( que modestia parte é lindo ) e ai nao quiz passar para a penetraçao pois eu seria um boneco destes q se compra em sexy shop . Mais Ainda estou em busca do cara q me de prazer mental e corporal ! Mais como as coisas anda nao o encontrarei .. E irei permanescer virgem ! …

    1. Bacana ! faça sexo completo somente quando se sentir seguro e quando estiver com a pessoa que lhe dá satisfação verdadeira.
      abraçooo

  5. Ainda não tinha pensado no que é “sexo de verdade”, pelo menos não com essa nomenclatura. E nesse sentido, lembro-me que isso só aconteceu comigo duas vezes, com o mesmo carinha. Foi tão legal a reciprocidade de carícias, o afeto, o desejo mútuo. Isso é maravilhoso. Mas na carência, as vezes nos entregamos pela necessidade urgente de saciar o desejo. Embora o mais interessante seria o “sexo de verdade”. Ainda sonho com alguém que possa me proporcionar uma longa experiência nesse formato. Mas nosso modelo gay é difícil de encontrar, principalmente aqui no interior. É uma penúria danada ser gay masculino, policial militar e residir no interior. É fogo. Parece que fiquei meio angustiado rsrs.

    Abraço a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s