Meu coração queria dizer isso

Mas não sei o quem será, como achar, como seria… talvez meu coração quisesse por um anúncio desses no jornal…

Na verdade, encontrar alguém bacana, é não uma forma pronta, não tem anúncios. Quem sabe do nada não me esbarro nele na rua.

Continuem lendo outros post clicando aqui

Anúncios

24 respostas para “Meu coração queria dizer isso”

  1. Depois de certa idade (não que eu seja velho) acho que o sonho de todo cara (hetero ou gay) é ter alguém legal, companheiro mesmo, do seu lado. Moro há três anos com um amigo meu, hétero, que nem tem idéia da minha homossexualidade. Extramamente companheiro, bem humorado, fazemos quase tudo juntos, combinamos muito bem, melhores amigo. A única coisa que vem na minha cabeça é: pq é tão complicado conseguir alguém assim pra “mim”? Primeiro, nem sequer tive experiências homossexuais (exatamente, nem beijo, nem nada), como posso pensar em namorar alguém agora!; segundo, e mais importante: não sou assumido, ter um namorado agora seria a coisa mais complicada pra mim, teria que ser algo às escondidas para salvaguardar meu trabalho e minhas amizades, será que ele enteria? Vivo viajando para diversos cantos todo o tempo, será que ele compreenderia? Namorar a distância, ele conseguiria? A questão “simples” de se ter um namorado, às vezes pode ser bem mais complexa do que se pensa, pelo menos, para mim!! Estou aberto a sugestões!! Até!

    1. Leonardo, eu fico a pensarm porque será que não aperece um cara tipo esse seu amigo, que tem tudo haver com você. Comigo já aconteceu e ele foi melhor que todos os caras que já fiquei. Era mais compreensivo e mais amigos do que todos os amigos.
      Verdade, namoro a base é amizade e compreensão.
      Abraços

  2. Ultimamente tenho pensado nisso tb, cara… e muito… Mais uma vez, coincidentemente, fizemos post de natureza semelhante em nossos blogs. No meu, desabafei sobre um certo cansaço emocional que ando sentindo por muito me esforçar pra encontrar alguém e não colher nenhum fruto de minhas tentativas…

    Acho que é por isso que eu tenho uma tendência a me interessar mais por pessoas mais velhas q eu… Os caras da minha idade, sejam hétero ou homossexuais, só querem saber de balada, de curtir sem responsabilidade, de brincar com sentimentos do outro, de beber até cair, fogem de envolvimento afetivo… E olha que estou falando de ENVOLVIMENTO e não de COMPROMISSO… que são coisas diferentes. Envolvimento é querer conhecer o outro, é estar disposto a interagir, a construir amizade e companheirismo… é se dar o direito de ver se rola alguma coisa a mais do que a primeira impressão de um primeiro encontro, e se não rolar, tentar pelo menos manter amizade… Nem isso as pessoas andam querendo…

    Puxa, o que eu tô buscando é um cara bacana, pra fazer coisas juntos, do dia-a-dia… Se ele não quiser o status de namorado, tudo bem, eu não ligo pra rótulos, pra nomenclaturas, não acho isso fundamental, desde que haja um mínimo de fidelidade…

    Hj em dia vc chama um cara gay pra fazer qualquer coisa q não seja bar e balada e ele já acha q vc tá querendo casar… Nem se dá o direito de tentar te conhecer direito… Acho isso egoísmo, desculpa a sinceridade…

    Parece até contraditório: as pessoas vivem reclamando de vazio, de solidão, e quando acham um cara que tá afim de algo mais sólido, mais proveitoso, mais “contínuo”, fogem… fogem inclusive da tentativa de amizade, e isso é o que mais me espanta…

    Mas aí é q vem a importância desse espaço aqui do blog, cara… Se nós pensamos dessa forma, se nós buscamos um cara com “responsabilidade afetiva”, com certeza não estamos sós no mundo. Existem mais pessoas que pensam como nós… Em algum lugar nós vamos encontrar alguém que pensa como a gente.

    Enquanto isso, eu continuo sendo um HOMEM QUE ESPERA…

    vALEU!

    1. Pois é, é o mal do mundo moderno descartável. Onde as pessoas curtem mais serem superficiais, ou as vezes fazem isso por medo das outras.
      Bem, fazer o que, seguir.
      O espaço aqui é você, comentem, desabafem, contem suas felicidades, uma hora todos nós teremos um sorriso para contar.
      Grande abraço

  3. Caramba, vivo no mesmo dilema. E o mesmo de alguns que postaram aqui nesses comentários.
    Tem sido difícil achar alguém. Isso, mesmo depois de passar por todo o processo de aceitação, de me redescobrir (quem sou, o que faço aqui, e os porquês), de saber que tenho/terei o apoio da família e dos amigos, na empresa ou na faculdade, de estar no MEU momento, de dizer “Agora Vai”, de já ter tudo livre, e só falta um cara. rs
    Algumas pessoas chegam pra mim e dizem “Tenha paciência, não vai demorar. Você é um cara e tanto… Não sei como não achou alguém.”, mas as vezes a gente acaba ficando meio que um pouco pra baixo com essa demora. Apesar de saber que todo esse tempo e anos foram fundamentais para mim mesmo, as vezes essa demora angustia…
    Não ando procurando um cara perfeito, juro. Porque eu sou imperfeito, e queria apenas um cara simples, legal, inteligente e massa de bater um papo, compartilhar coisas, histórias e momentos…
    Já pensou essa galera que posta opiniões semelhantes nesse blog, junta? 😛
    Bom, eu tomei uns drinks durante o dia de hoje, tô meio balançando, mas juro que não estou bêbado. Escrevi conscientemente, certo? rsrs :o)

    1. Quem sabe um dia não marcamos todos no mesmo lugar para nos conhecermos. Um lugar em que todos fingiriam não ser, mas todos saberiam o codigo secreto: Dentro do Armário.
      Hoje é Domingo e queria sair para comer algo junto com alguém, fazer coisa simples, não precisava chamar de amor, ou segurar a mão, mas sair sem rumo, ri um pouco, mas essas coiusas mais que simples, e mais simples do que os casais formais fazem, ninguem quer.
      Abraçao

  4. Ultimamente ando completamente descrente nos homens, n valem nada; n tem palavra, mentem, n e sincero, n sao bons, n querem nada serio, n querem amizade.
    A simplicidade de alguns momentos e o q os tornam especiais e memoraveis.
    Seria mto interessante fazer uma ‘reunião’ dos leitores do blog, pessoas q pensam semelhantes e procuram pela msm coisa.
    So n entendi no anuncio o pq de n se auto anunciar gay, pois pelo q entendi fica parecendo q a discrição e oq conta, podemos ser gays contanto q ninguem jamais saiba, acho q vc deve demostrar carinho e afeto onde e por qm vc quiser sem se importar oq vao achar de vc
    Bjim

    1. Luiz Paulo, “alguém que não fique se auto-afirmando gay” é aquele homem que sabe de sua condição de homossexual, quer exercê-la, mas também sabe que esse aspecto (homossexualidade) diz respeito à sua intimidade, à sua vida privada, nao vendo necessidade de ficar dizendo pra todo mundo, em qualquer situação, em qualquer contexto, que é gay… Deu pra entender? Não se trata de “gay discreto”, mas de “gay homem” como qualquer outro heterossexual que não fica dizendo pra Deus e o mundo que é heterossexual, entendeu? É o gay que se assume pra outra pessoa quando vê necessidade, e SOMENTE se vê necessidade… Capisce? É mais ou menos isso…

      1. É mais ou menos isso, sabermos o que somos, nos entendermos, não vejo a necessidade tanto de hetero como de gays, de ficar tentando se auto afirmar, somos casal, afinal que se ama de verdade não precisa mostrar ao mundo, mas sim mostrar um ao outro.

    2. Ihh esqueci de colocar lá que sou gay rs, é que na hora eu estava tão triste, que fiz aquilo, as pressas e com sentimento dolorido.
      Sim seria bacana o encontro.

  5. Eu também, fiquei meio sem entender o se “auto anunciar gay”. Pelo que eu entendi, depende. Tem gente que tem orgulho exagerado, tem a necessidade de ser e se mostrar diferente, e anuncia, expõe, grita, rebola e grita novamente (literalmente), aos quatro cantos do mundo que é gay, achando que o planeta vai se tornar cor de rosa. Nisso eu não concordo, é orgulho, exposição e até vulgar demais.
    Agora você ser gay (ainda que diferente dos demais e da maioria) sendo você mesmo, do seu jeito, sem rótulos, não vejo problema nenhum nas pessoas saberem disso, achar o que quiserem, porque eu tenho certeza que as pessoas passam a te admirar muito mais pela coragem, iniciativa, transparência e tal, que supera qualquer outra coisa que o restante falar.
    Eu tenho 19 anos, não cheguei ao ponto de muitas pessoas saberem ainda. No geral, sei que minha família e amigos me apoiam/apoiarão, mas só vou assumir mais, quando estiver em um relacionamento. Até porque eu sei que não vou querer ficar escondendo meu [futuro, rs]relacionamento, por causa dos outros. Só falta alguém, mesmo. Candidatos, vagas abertas. ahaushsausha =D
    Gostaria de desejar muita luz e coragem na vida de cada um de vocês. Eu sei o quanto é difícil, mas vamos que vamos!
    Boa semana pra todos nós! ;*

    1. hauahua verdade, as vagas estão abertas para namorado rs
      eu só contei para quem eu achava que era importante na minha vida, ou tinha uma proximidade enorme, no mais acho que não vale a pena ficar falando de minha vida aos demais que não tenho tanto aproximação de amizade, por isso não contei ao restante dos conhecidos.
      Valeu ai pela luz e coragem, para você também!!

  6. Mateus, tentei explicar o que o blogueiro quis dizer com esse “auto-anunciar”, respondendo o comentáro do Luis Paulo. Não é que o blogueiro não queria se apresentar como gay pra sociedade. Ele só entende que, pra sair junto com outro cara, não é necessariamente indispensável ficar de mão dadas, agindo como casal hétero… Tipo, ele só queria alguém pra poder rir, andar junto, sair pra comer…

    Ele procura gays que sejam socialmente normais, que vejam a homossexualidade apenas como um aspecto da vida, e não como um assunto a ser falado, tratado, discutido, argumentado, gritado o dia inteiro… que se estereotipam de tal modo a praticamente se tornarem placas “SOU GAY” ambulantes…

    Acho que é por aí, qquer coisa ele explica melhor…

  7. Engraçado, conheço muitas pessoas que reclamam dessa ausência de alguém para estar junto, fazer companhia, dar atenção..a reclamação é geral! Enfim, todos nós somos carentes de uma certa forma e por fazer parte de uma minoria isso se torna um pouco mais complicado, todavia não se pode esmorecer, afinal de contas nascemos para sermos felizes. Devemos crer positivamente, porque o universo conspira para aqueles que tem pensamento forte e verdadeiro.Por mais que pareça clichê essa acertiva é a que hoje norteia minha vida.Abraços e fiquem c Deus!

  8. Primeiramente, agradecer ao esclarecimento de Miguel: valeu!

    Agora, Thiago: Tenho certeza que preciso trabalhar mais nisso, realmente acredito no que tu falou. Ficar lamentando não vai resolver (como eu vinha fazendo). Tenho tentado pensar mais positivo, preciso ter mais esperanças para poder atrair isso, para que o universo conspire coisas boas a meu favor. Obrigado pelo recado, que reforça essa necessidade minha.

    E a todos vocês, vamo que vamo! O legal daqui é que um vai empurrando o outro! rsrsrs /RÁ ;D

  9. Se o outro ainda n estiver pronto p andar de maos dadas, demonstrar carinho onde der vontade, c limites claro ninguem qr sexo na rua, respeite; no entanto se vc arrumar alguem q ande c vc de maos dadas, faz carinho, n importando c oq verao e falarao e mto bom.
    Já fiz isso, faço isso e n estou nem ai. Se o outro ja for mais discreto faço da maneira q ele qr n serei aquele q tirara ele do armario, seria falta de respeito.
    Por mais q todos aq parecem estar a caminho de “sair do armario” ou se aceitar por completo, ainda observo certas amarras no comportamento.
    Bjos

  10. Caramba…

    Quanta carência, hein? No sábado, depois de fazer uma prova (horrível), estava cansado e só queria alguém pra sair, comer uma pizza, beber alguma coisa, rir e conversar miolo de pote, mas, não tinha esse alguém. Saí sozinho e comi a pizza que queria e voltei pra casa angustiado por essa falta que alguém, que ainda nem sei quem, me faz. É entristecedor essa vida solo. Começo a crer que Renato Russo tinha razão quando dizia que “o mal do século é a solidão”, ele falava do século passado, mas vejo que nesse, a sua fala continua mais verdadeira que nunca. Também tô cansado de esperar alguém que nunca chega. Eu só queria alguém legal, honesto, companheiro, carinhoso… Pô tá difícil, talvez ainda mais pelo fato de sermos discretos. Fico triste.

    Quanto ao encontro da galera, eu acho que é válido. Se for pensado com antecedência, até eu que tô longe vou procurar me programar pra ir rsrs

    Abraço a todos.

    1. Fala Marcus,
      Todos nós somos carentes rs
      Pois é são as coisas mais simples a dois que fazem falta.
      Grande abraço

  11. Mas é verdade Miguel…temos que confiar e acreditar que o universo conspira! O mal é que colocamos pressões demais, talvez (mesmo que inconscientemente) idealizamos o encontro perfeito…enquanto isso oportunidades passam e nos ficamos sós, preocupados demais com nossa angústia! Felicidade atrai…eu sei que é muito lento o processo, mas para muitos o pior (aceitação) já passou! Coragem sempre… =D
    tenho certeza que vou ver muitos posts mais alegres futuramente! assim seja!

    ABRAÇÃO!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s