Quando o sexo é bacana

O post de hoje fala de sexo. Prazer este que não é pecado, e é melhor ainda quando é feito de forma natural, sem aquela coisa estilo mecânica (sem vida) e/ou “prateleira de mercado”.

Na última segunda-feira fiz sexo com um cara que nem conhecia. Mas o que isto tem de diferente? Alguns fatores: o fato do sexo ter sido com vida, bacana, sem precisar daquelas perguntas: “quantos cm?”, “manda bem na cama?”, “seu abdomem é tanquinho?” “você (g…) ejacula muito?”…

Teclamos, conversamos, combinamos de nos conhecer. Ah! Teve webcam, mas com roupa, e o que mais me chamou atenção e me atraiu foi o papo, o sorriso que ambos davamos um ao outro, o olhar. O cara só pela expressão facial demonstrava que não era mais um afim de sexo mecânico. Um dos momentos mais legais, foi quando eu perguntei “você quer me ver de pé?” Ele falou “não ligo para corpo”. E o que tem diferente nisso. Normalmente os caras na webcam, pedem para ver seu corpo, para saber se você é magro demais ou gordo. Aquela coisa meio que gado indo para o abate do frigorifico.

A gente se conheceu, e resolvemos ficar aqui no meu apartamento, claro, a chuva que caia naquela tarde ajudou. Ficamos vendo umas fotos que eu fiz de surf, conversamos sobre estudo. E ele segurou a minha mão. Nos beijamos, uns 30 minutos. Por ai já vi que era diferente dos demais. Outro ponto que gostei, o cara usava perfume de homem; é que tem muito gay que prefere usar perfume de mulher, isso, acho que não combina com o cheiro do homem, em certos casos é até brochante.

E quando partimos para cama, não precisou-se perguntar “você é ativo, ou passivo?” Nossos corpos, olhares conduziram o ato. Eu considero foi um dos melhores dos últimos anos.

Sabe quando os parceiros realmente estão satisfeitos, se completam? Quando não dá vontade de parar o ato de jeito nenhum? Quando você pode abraçar o cara e beijar durante o ato? Quando o beijo é bem dado, seja ele, nos instante tranquilos ou nos instantes mais carnais/selvagens? Quando um permite-se perguntar “está legal, qualquer coisa pode falar?” Foi tudo dessa forma. Bacana mesmo.

Alguns vão dizer “isso está mais parecendo conto de fadas”; outros vão falar “que bobagem, sexo tem que ser selvagem” (foi selvagem em certos momentos); e ainda vão dizer “isso é coisa de mal resolvido”, etc…

O que tenho para dizer a vocês é: o sexo, mesmo que seja estilo fast-food tem que ser bem feito, e bom acima de tudo para ambos, os parceiros tem que se preocupar um com o outro, com a satifação dos dois. Sexo a dois, não pode ser algo unilateral, como uma masturbação. Os dois tem que sair da cama com o gosto de quero mais, e também com aquela sensação, de estou me sentido muito bem.

Bem é isso, sexo não é pecado, é bom, faz bem para o corpo e para alma, mas acima de tudo deve ser bom para os dois.

Continuem lendo outros posts clicando aqui

Anúncios

19 respostas para “Quando o sexo é bacana”

  1. Tesão de blog!
    Este post foi, simplesmente, um show.
    Por essas e outras que sou apaixonado pela vida.
    E pelos homens. Como é bom amar homens, como é bom ser gay. Como é bom viver.
    Ahh, os homens, ahh os cariocas …
    Fiquei com água na boca.
    Arraso !

  2. Não vou dizer que foi conto de fadas, nem que deveria ter sido selvagem e muito menos que é coisa de mal resolvido…vou dizer que fiquei com uma puta inveja!! huahuahauhauhauhuahuaha
    Meus parabéns cara, qualquer dia vai acontecer comigo, vai ser um prazer compartilhar isso tb! Grande abraço e sucesso!

  3. Inveja sim, tb tô, demais da conta!! Mas inveja de amigo, de brother, que sabe q outro brother merece isso tudo aí e mais e muitas outras experiências boas…

    Mas só me tira uma dúvida-curiosidade: Como foi depois da transa? Tipo: vcs trocaram telefone, combinaram de se rever, houve alguma demonstração de interesse por continuar, sei lá, a amizade, a conhecer um ao outro…

    É que do jeito q vc narrou, demonstrando que houve prazer e carinho entre vcs. Houve beijo, houve papo… que vcs gostaram de estar juntos, enfim… Nao houve interesse de querer continuar se vendo?

    Que essa transa seja um prenúncio de coisas ainda mais bacanas vindo pra vc, cara…

    Valeu!

    1. Então Miguel,
      Diz ele que quer falar comigo novamente, mas como apesar de ter sido bacana, foi transa fastfood, então creio que o ver novamente por parte dele, foi só algo fantasioso, porque depois disso nao vi ele mais no msn.
      Mas valeu a pena rs
      Abraçosssssssssssssssss

  4. Amei esse post. Eu ainda não tive uma noite parecida, mas anseio muito. Infelizmente não posso assumir que sou gay, pois se eu o fizer serei expulso de casa. Mas espero poder encontrar uma pessoa que possa me dar uma noite tao incrivel como esta

      1. Kara stou a 4 dias lendo o seu blog e ja stou viciado. É como s eu ganhasse a liberdad q não tenho atravez das suas experiências. Gosto mutio da sua forma d pensar. Coninue assim. Um grand abraço. Haaa… E se quiser me add pra trocarmos experiências, stou a inteira disposição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s