O que se passa na cabeça dos gays?

O post de hoje é inspirado no comentário de nosso leitor Raoni:

“Sinceramente cansei de me questionar o que se passa na mentalidade dos gays. Mas acredito que é uma junção de fatores sociais (homofobia internalizada), hormonais, familiares e instrutivos (que instruem). A ciência e a antropologia estão a buscar mais as respostas para as possíveis causas do comportamento homossexual do que estudar o comportamento do homem homossexual diante da sociedade e de si próprio afim de esclarece-lo e/ou ajudá-lo. Então, já que ninguém se candidata a estudar o indivíduo, somente as causas que levam o indivíduo a existir, fica difícil encontrar respostas” (Parágrafo escrito pelo leitor Raoni).

Nosso leitor falou tudo! A ciência, os psicólogos, alguns religiosos, ficam procurando motivos para uma pessoa ser gay, e se esquecem que somos apenas um ser humano. Seria mais bacana que ciências como psicologia, sociologia e antropologia, estudassem o modo comportamental, a sociedade em que os gays se inserem e suas relações com estas. Assim poderia-se traçar alguns padrões, identificar que os homossexuais são formados por pessoas diversas e com padrões multiplos e não somente um estilo de ser, ou apenas um esteriótipos que comumente é apresentado a sociedade como sendo o padrão.

Também, entenderiamos melhor porque uma parte das relações homossexuais só são baseadas pelo sexo, porque há tanta vaidade, etc. Claro sexo e vaidade são elementos da sociedade humana, seja ela hetero ou homo, mas que tem forte aporte no nosso meio.

Estudando o modo de ser de cada subgrupo homo, conheceríamos melhor nosso modo de ser, as dúvidas, os anseios, as aspirações. Seria até melhor para se fazer políticas de inclusão mais claras.

Creio que nem os grupos GLBT ou ativistas gays, conhecem realmente quem são os homossexuais a sua volta.

As interrogações são muitas, mas seria bom um estudo, sem paixões e realistas sobre o modo de ser gay.

Continuem lendo outros post clicando  aqui

Anúncios

4 respostas para “O que se passa na cabeça dos gays?”

  1. Achei bem legal o post.
    Concordo quando dizem que hoje em dia a maioria das pesquisas focam em pq pessoas são gays, se isso está relacionado com alguma mudança física ou psicológica. Acho que um estudo de pq a maioria dos gays se comporta da forma que vemos seria algo muito mais interessante, e com respostas muito mais importantes, do que esses que assumem uma mudança genética, problema/trauma psicológico ou doença.
    Acho triste a forma como a maioria dos gays, e pq não dizer dos heteros também?, age com relação a relacionamentos, as pessoas ao seu redor (agem com ar de superioridade) e suas atitudes.

    O triste mesmo é saber que a maioria das pessoas age desta forma, sem se importar com os outros ou consigo mesmo (de forma saudável). Espero que no futuro as pessoas sejam mais humildes, com mais amor ao próximo e melhores hábitos para suas vidas.

  2. Creio que nenhum ser humano se sinta confortável ao ser tratado como objeto de análise ou como ser exótico.Muitas vezes é assim que a ciência, a religião, a psicologia têm tratado a condição homossexual. O homossexual quer ser compreendido como uma das faces da complexidade humana. Nem amelhor, nem a pior.Acredito que hajam estudos excelentes e outros equivocados sobre a condição homossexual. Já foi citado neste blog o livro da Edith Modesto, “Vidas em Arco iris”. Recomendo mais uma vez. Abraços a todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s