O diário de um gay não gay: sou homossexual

Um homo na novela de uma forma diferente

In amor entre homens, bissexuais, boate gay, casamento gay, comportamento, dúvidas, dentro do armário, descoberta sexual, diferenças, discriminação, escolha sexual, esteriótipos, homossexuais, namoro um homem, opção sexual, parada gay, preconceito, primeira vez, psicologia, sexualidade, shelter o filme, sou gay on maio 23, 2012 at 4:51 pm

Vou começar esse post antecipando o que muita gente está falando, que o dos personagens, o Roni, da novela Avenida Brasil, aquele rapaz que joga futebol, vai se assumir gay/ homo. Estava na hora de isso acontecer numa novela. Pois normalmente só vemos personagens gays baseados somente em esteriótipos. Não que isso seja ruim, mas temos que mostrar a realidade, e a realidade é que tem milhares de gays que não tem perfil que se encaixe no chamado mundo gay ou personagem gay.

Bem, o post é curto e encerro ele como o comentário do nosso leitor Leo, que tem algumas coisas interessantes.

Olha só …
Se o Cabeça me permitir, Daniel, digo a você que essa estória de “aparência de ser homossexual” não tem muito fundamento e ta meio fora de moda.
Não há como se saber como a pessoa vive (o que quer e o que pensa) apenas pelas aparências. Tem caras, muitos mesmo, que nada tem de aparência gay.
Aliás, como diz o ditado “as aparências enganam”.
Conheço muitos caras que não tem a menor identificação com o chamado “mundo gay” – absolutamente nada – e, no entanto, gostam de homens, ficam com homens, vivem com homens…
O que interessa é o que a pessoa quer pra si mesmo.

Voltando aqui ao post, acredito que deva ter gay afemando, não afemando, branco, negro, amarelo, pobre, rico. As novelas tem que mostrar a realidade e não ficar somente em personagens gays esteriotipados e ricos. Vamos buscar mostrar o dia-a-dia e pessoas de verdade.

Continuem lendo outros post clicando aqui

  1. Olá, este é o primeiro contato que tenho com o Blog. Vivemos num mundo complexo, onde as diferenças se mesclam, quem viveu fez a sua história e nascem outras pessoas, novos caminhos. Onde fica o gay nessa história… O grande problema não é o preconceito, o grande problema é a imagem que as pessoas passam dos gays e o quanto eles aceitam isso. A parada gay por exemplo. Uma baixaria, uma vergonha, acaba com imagem de qualquer pessoa. Ainda existe pessoas que dizem que o gay não é aquilo. Não sou preconceituoso, muito pelo contrário, só não concordo com essa imagem que o próprio gay trasmite. Quem sabe um dia a parada gay se torne realmente em um protesto, todos de branco por exemplo.

    • Dominique,
      certamente está na hora de muito gay repensar o que passa pra sociedade.
      bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: