O diário de um gay não gay: sou homossexual

Outras formas de prazer, além do carnal

In amor entre homens, bissexuais, casamento gay, comportamento, dúvidas, dentro do armário, descoberta sexual, diferenças, discriminação, escolha sexual, GLBT, gosto de homens, homossexuais, namoro gay, opção sexual, preconceito, primeira vez, reciclagem, revista gay, sexo, sexualidade, shelter o filme, sou gay on maio 27, 2012 at 11:41 am

Eu me afastei do meio gay e de amigos que tinha no passado, por alguns motivos, por não concordar com eles, e talvez também por eles não entenderem meu modo de ser e amar. Se eu faço votos de ficar sem pegar ninguém eu sou criticado, claro que hetero também criticaria outro hetero se você não fica com alguém.

Mas o gay eu acho mais perverso, me desculpe o uso dessa palavra. Se você diz estou feliz sem pegar, estou feliz com uma nova forma de amar, que é compartilhar bons momentos com um amigo, eles te criticam, acham que você está errado, e que tem que pegar.

Até entendo essa visão, que vem do espírito predador e caçador masculino, mas eu e a pessoa que gosto abro aqui ” ” para reproduzir uma frase dele “a prazer em conversar, em dividir bons momentos, de está juntos aqui nesta praça, muito mais forte que o sexo”.

Sexo é bom, eu não condeno, mas se eu estou satisfeito em canalizar meu prazer para momentos juntos, papos, sorrisos, palavras, olhares, as pessoas tem que respeitar.

Sexta-feira aconteceu uma coisa bacana, eu fiquei numa praça das 22h às 02:30 conversando, sorrindo. Quando eu voltava pra casa de skate, passei por um aparelho de malhação na rua, haviam três pessoas, dois rapazes fortinho e um coro fortinho, eu sei que estavam fazendo pegação, pelo contexto que eles estavam ali, há anos atrás, eu também pararia e ficaria naquele jogo, mas eu estou tão feliz e satisfeito do modo que as coisas estão hoje, que passei por ali, e aqueles caras eram pedra, não me instigaram, não me provocaram desejo e nem interesse de está ali com eles.

Sexta-feira eu falei para o cara que gosto, você tem mudado minha vida, eu não fico com ninguém há 6 meses, você recuperou alguns sonhos que eu tinha perdido, ai ele falou que não existe essa necessidade exagerada de ir pra cama com qualquer um, que o bom é está com quem te passa segurança e você gosta.

Bem, é isso que estou vivendo, criticando por outros gays por está minha escolha, estão dizendo que vou me ferir, quebrar a cara. Mas, eles se esquecem, a vida é um risco, pode dar certo ou não. O importante é ser feliz com esse momento que estou vivenciando.

No fundo as pessoas são preconceituosas com outras formas de amar, e de ter prazer, que não sejam a convencional.

Continuem lendo outros post clicando aqui

  1. Muito Bom Mesmo!,e Identifico muito com esse modo de pensar! isso aee, deixem que falem e seja feliz!

  2. Eu sempre achei vc um pouco “preconceituoso” com o meio gay, não sabia de onde vinha sua paranoia com o meio. “Até entendo essa visão, que vem do espírito predador e caçador masculino”, até chegou a conclusão que não só são os gays deste modo mais a maioria dos homens são assim meio promiscuos (não sei se por criação ou é da natureza do homem). Agora entendo um pouco, eles não compreendem de vc querer ficar só. Isso é chato as pessoas tem que deixar as outras serem felizes a sua maneira, sem pressão.

    • Fala Nick!
      Tudo blz! Pois é preconceito as vezes a gente não pode deixar de ter, ou até uma sisma. tenho tentado diminuir minha sisma.
      Eles não entendem que encontrei um novo modo de ser feliz.
      Valeu pelo incentivo
      grande abraço

  3. Concordo tanto… Eu tenho sentido mais prazer com outras coisas, sorrisos, momentos e gestos sinceros, que só um sorriso de canto basta…🙂
    Boa semana!

  4. Ou talvez no fundo elas tenham medo e um pouco de inveja de vc. Não são todos que conseguem se abrir para um relacionamento claro que elas apenas podem ter uma maneira de pensar diferente mas não descarte as outras hipoteses

    • Verdade, Carlos.
      Acho que no fundo as pessoas não estão preparada para o diferente, para outras hipóteses.
      Valeu pelas palavras
      grande abraço

  5. Hoje em dia, me pego ainda em pensamentos de estar com “alguém”, mais em certas horas meus amigos, mesmo não sabendo de minha opção sexual, conseguem me proporcionar momentos que não esqueço… Sem eles hoje em dia não seria nada de bom.
    Espero que um dia, eu posso me expressar com eles “tudo” que eu passo/passei, e espero que aqueles que realmente gostam de mim continuem sendo meus amigos.
    E quanto a você nobre “apaixonado”, gostei muito desse post seu. As coisas com seu amigo realmente foram para lhe levantar!!!
    Que continue assim!
    Um forte abraço!

    • Fala Diego,
      Tudo blz!
      Torço que dê tudo certo quando seus amigos souberem, mas não se precipite, as vezes é melhor que eles saibam por gestos, do que por palavras.
      Obrigado pelas palavras. Você captou tudo. Ele consegue me levantar.
      Um forte abraçao

  6. Eu ultimamente quando passo por determinados rapazes giros sinto vontade de olhar bem para eles e sinto de imediato desejo de sexo com eles. Alguns olham mas depois desviam o olhar como se não estivessem interessados em mim pela primeira vista. A verdade e que ainda não consegui arranjar ninguém para namorar. Que devo fazer para pegar alguém? Ja tenho 21 anos e não quero ficar sozinho. Podes dar-me alguma dica???

    — Abraço —

    • Diogo,
      Então, o jogo da conquista seja para heteros ou homossexuais não é facil, a dica que dou é observar mais discretamente, não olhar muito forte, pois pode intimidar, tente olhar mais tranquilo, e verificar se o cara é homo também, você vai perceber isso com o tempo.
      abraços

  7. EI CARA! VC TEM SIDO MEU HEROI VALEU MESMO POR COMPARTILHA SUAS EXPERIENCIAS, TE DESEJO TODA FELICIDADE .

  8. Sabe fico muito preocupado quando leio depoimentos assim. Eu tenho 16 anos, sou muito bem resolvido com minha homossexualidade, mas não me vejo inserido na “sociedade-gay”. Primeiro porque não gosto dessas festas populares (Micareta-Rio Sampa e coisas do tipo, e é disso que a maioria gosta) as acho completamente sexistas e reforçam a ideia de muitos em relacionar o Gay com a promiscuidade. Sim, a falta de pudor e de virtude é generalizada em ambas as opções sexuais, mais com o gay é sempre mais “intenso”. Segundo por que: Embora não tenha ainda beijado, ou algo assim, já tive muitas tentativas em salas de bate-papo e me deparei com uma triste realidade. Quando eu dizia sobre sentimentos, relação familiar que eu pretendo ter, como eu vejo uma relação de amor em um casal gay e fui visto como criança, imaturo ou, mais comumente, como um iludido. É muito querer uma relação consolidada, como um matrimônio, ou um relacionamento sério, ou ter concepções a respeito “sexo não se faz por fazer”, ou ainda “não vou ficar por ficar”? Pergunto-me se as coisas procederão da forma que eu imagino. Entendo você, o que eu não entendo é esse mundo!

    • Douglas, a coisa mais importante são os valores e ideais que você já tem consolidade e projetados.
      Quanto se vão dar certo ou não, o importante é tentar e saber flexibilizar tudo, pois você vai ter que ceder uma coisa ou outra, adaptar.
      Não vejo problema com seus ideais. Eu mesmo quero ter um filho, talvez eu adote.
      Verdade, a sociedade gay massificada tem um apelo bastante forte. Eu mesmo não me sinto parte, e também não comungo dos valores deles. Esses não meus ideias, e não cedo a pressões.
      Importante é que você já tem uma formatação de ideias, seja você mesmo.
      Grande abraço

    • adorei a forma que vc abordou a sociedade gay dos anos 2000,uma sociedade plástica e altamente corrosiva…é bem isso,deixar idéias que são fúteis e seguir a linguagem do amor…e fazer de nossa vida um altar de sacríficio onde matamos tudo o que não nos agrada…corrói…suja…denegre…e fazer de nós exemplos a ser seguidos…meu caro,palmas pra vc…gostei do seu comentário…

  9. Oi, estou adorando esse blogger, me identifico muito com ele, e com o autor dele. Todo dia eu visito ele blogger. Rsrsrs, acho que os gays não devem pensar só em sexo, sexo sem amor, não nos deixa realizado.

    (Eu sei que não tem nada a ver esse comentário com o post que vc coloccou, mais eu preciso da sua ajuda.)

    Eu gosto de um amigo, estou apaixonado por ele, mas não tenho intimidade, tenho duvidas se ele é gay ou não, várias vezes eu e ele tentamos nos aproximarmos, uma vez ele chegou até a mim e perguntou qual era o meu nome e onde eu morava.

    Eu tento me aproximar dele mais e mais, as vezes trocamos olhares, tenho medo de dizer pra ele que eu o amo que ele é o homem da minha vida, e ele dizer que gosta de mulheres.

    Eu tenho 15 anos, ninguem sabe que eu gosto de homens. E tehno um amigo que sabe que eu gosto dele, e ele é contra, eu tô começando a achar que ele gosta também dele. com o ele, ele disse que se eu não, Eu estou pedindo essa ajuda porque eu amo muito ele, e não quero perder ele. Ele me olha e me trata de uma forma diferente, eu gosto muito dele.

    Me ajude por favor. Minha família é evangélica e eu vou para a igreja com eles, e vejo ele sempre na igreja, meu coração bate muito forte quando eu vejo ele, fico doido quando vejo ele, mas tenho medo de me declarar e tudo mais, também da minha familia descobrir.

    • té doido lool negocio e igreja é TENSO demais,pelo menos quando tiver la dentro,tem que se controlar mano,n tem jeito.Po,a melhor coisa deve ser a familia descobrir,pelo menos os pais,sei lá,acho que eles tem meio que o direito de saber…no meu caso,ja tentei contar pra minha mãe,mas minha familia e evangelica tb,e pior,da denominação mais tradicional que eu conheço:presbiteriana o.O
      Fui tentar tocar no assunto com ela,ela falou que se algum dia eu dissesse o filho homem mais velho dela ñ sente atração por mulheres,isso seria uma das piores(senão a pior) coisa que ela ouviria na vida.Ainda mais,por que na minha familia,ser gay,e pior do que ser um assassino,um ladrão,um sequestrador,torturador,etc………
      E VIDA LOKA MANO!

  10. Tava procurando um blog pra falar o que penso e achei o seu. Eu me sinto muito afogado nesse mundo hetero que vivo. Já a um tempo me sinto muito sozinho e infeliz. Tenho 21 e nunca nem beijei um cara todo mundo no meu mundo parece sempre ser hetero e isso as vezes me consome muito. Só não entro e depressão por ser um cara muito pra cima. Mas as vezes bate aquela solidão e tristeza. Leio por aí o que vc disse que os caras só querem sexo e isso me intristece pois acima de sexo eu quero é amor, um cara que me ame e compartilhe comigo a vida , queira ter filhos e tal.Acho que por viver com esse segredo é por isso que não tenho intimidade com ninguém, sempre tenho colegas mas não amigos, nunca posso dizer quem eu sou. Já cansei de esperar um cara chegar em mim e mesmo quando parece que ele ta afim fico tão perdido que não faço nada ,pois não sei como agir. Precisava muito de alguém para conversar. Obrigado por deixar eu disabafar no seu blog.

    • Fala Tide,

      Tudo bem!? Fica tranquilo que vai encontrar um cara bacana. Eu sei que é dificil, as vezes eu fico trsite também, eu quero um grande amor, ter filho (adotar), e continuar sendo eu mesmo, e não me transformar em outra pessoa só porque sou homossexual.
      Precisando conversar estamos as ordens. Leia os textos do blog. Vão te dar uma luz. Espero.
      Com o tempo você vai perceber nos olhares quando um cara que parece ser hetero é homo, ou até bi. Vá com calma.
      GRande abraço,
      Estamos as ordens

      • Acho engraçado vc falar bi, vc acredita que as pessoas possam ser bi eu sempre achei conversa ou é ou não, hahahhaha. Eu acho muito difícil chegar num cara, tem um cara que eu fiquei interessado e acho que ele também tava, mas é muito difícil falar alguma coisa o máximo que eu fiz foi dar mó sorriso que ele retribuiu. Eu sei onde ele trabalha mas não consegui ir lá de novo, precisava de muita coragem pra chamar ele pra sair tem alguma dica pra me ajudar?

      • Acho que algumas pessoas tem facilidade de transitar nos dois lados.

      • Gostei muito de vc ta em um nível acima do meu tem algum e-mail ou msn pra gente poder conversar as vezes?

  11. Sou novato aqui no wordpress e acabei de achar seu blog. Adorei a forma como você compartilha as ideias!

    • Valeu amigo! Fique a vontade aqui. Pode comentar sugerir. Depois vou visitar seu blog.
      Grande abraço.

  12. Bom artigo, sou do tipo de pessoa que pensa qu um grande amor comeca com uma grande amizade, nada contra o amor a primeira vista, mas quando a pessoa que vc gosta ja eh seu amigo, tudo flui naturalmente, e tudo eh mais prazeroso, pois um ja sabe o udad
    comportamento e a reacao do outro.

    Espero ter ajudado,

    Abs

  13. Eu já cheguei a comentar sobre o menino da academia,que aparenta ser mais ou menos da minha idade,aqui no blog.Bom,eu não sei se realmente ele está afim de mim,ainda estou muito confuso em relação a isso.Porém, o que acho mais engraçado é que ele me desperta uma atração diferente,uma atração que eu sinto por poucos homens.Na verdade sinto um carinho e uma vontade de sempre está perto dele.Imagino às vezes indo para sua casa ou vice-versa,almoçar com ele,assistir um filme ao seu lado…momentos do cotidiano que juntos se tornam mais do que especiais. “A prazer em conversar, em dividir bons momentos, de está juntos aqui nesta praça, muito mais forte que o sexo” e acho que essa frase define muito bem o que eu sinto.

    • Daniel,
      A conversa, o olhar, o querer bem como você está sentido é um grande prazer mesmo, tem muito sexo, que nem chega aos pés dessa força maior chamado amor.
      abraços

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: