O diário de um gay não gay: sou homossexual

Mãe: “homem que beija homem é viado”

In amor entre homens, cinema gay, comportamento, dúvidas, dentro do armário, descoberta sexual, diferenças, discriminação, escolha sexual, gay, gays, homossexuais, madonna no Brasil, opção sexual, parada gay, preconceito, primeira vez, psicologia, revista gay, sexo, sexualidade, shelter o filme, sou gay on julho 31, 2012 at 2:02 am

Essa frase que ilustra o texto eu ouvi de uma colega de trabalho que conversava com a mãe. Parece que a mãe viu o irmão se beijando com um rapaz, até então ele era considerado hétero. A mãe acredita que o filho esta numa fase Emo, que acha bacana beijar garotas e rapazes. Mas a irmã estava desesperada, bolada, como dizem os cariocas. Pois ela acha que se o irmão for “viado” ele vai queimar a imagem da mãe e dela.

Sinceramente fiquei chocado e chateado por ouvir isso.

Penso, então o rapaz não pode ser feliz do modo que ele queira, ele tem que é viver pela mãe e irmã?

As pessoas acham que as outras são propriedade, e pior, uma pessoa que mora numa cidade grande como o Rio de Janeiro pensar dessa forma é bizarro.

Se a moça visse que em muitos países os homens se cumprimentam com um beijo e não tem nada haver com homossexualismo o que ela diria?

Eu até fiquei com vontade de dizer pra ela, olha eu sou viado, só para chocar, mas deixei pra lá. Ela passou a tarde falando do caso, que não acreditava que o irmão tinha virado viado.

Virado ninguém vira, mesmo porque ninguém é vampiro ou outro ser que se transforma. Apenas descobrimos mais cedo ou mais tarde o que somos de fato.

Triste esse rapaz que se for homossexual mesmo, terá que ficar com a irmã infernizando a vida.

E assim, casos como esses acontecem dia a pois dia, Brasil a fora. O que mostra que apesar de se falar tanto em liberdade sexual, homossexualismo, diversidade, as coisas entram pelo ouvido e saem pelo outro sem surtir efeito. E parte dessa culpa vem do nosso meio, dos tais ativistas, que tem um discurso míope e não esclarecedor.

O Brasil ainda é um país preconceituoso e ainda cheio de dogmas.

Continuem lendo outros post clicando aqui

  1. Infelizmente, espero que tbm a minha família me entenda, algum dia!

    Abraços

  2. É aquela coisa: “Eu aceito, desde que não seja na minha família”
    Um absurdo! As pessoas que agem assim são muito baixas! Não percebem que estão julgando alguém pela sexualidade, o que mostra o quão depravada elas são!
    Hipocrisia pura!
    Mano, os políticos bandidos desse país fazem o que querem: roubam, são absolvidos e ainda ganham um aumento de salário a cada 3 meses. Mas isso não é tão ruim quanto ser gay né??
    Po, será que não percebem que dessa forma acabam agindo pior que um a criminoso??
    É melhor ter um filho bandido, drogado, do que um filho gay honesto!
    Ainda bem que nem todos são assim, algumas pessoas não julgam as outras pela sexualidade, mas sim pelo caráter. Só é preciso procurar bem, eu ainda não achei

  3. Eu sou o D.G.M. aí de cima*, eu queria deixar uma sugestão de postagem. Não sei se você já programou algum tema pra escrever sobre, mas uma coisa que está me incomodando profundamente é um certo núcleo de personagens da novela Avenida Brasil.
    Bom, acho que você já entendeu de quem eu estou falando. O personagem Roni, que claramente é gay, está sendo “convertido” em hétero. Aliás esse termo “converter” foi usado de fato! Um absurdo!!! Seria o mesmo que querer transformar fogo em água!!! Não dá!!!
    Semana passada ele se casou com a Suellen. Simplesmente ridículo!!! Isso estimula o preconceito! As pessoas vão ver um gay virando hétero na TV e vão achar que isso é possível. Vão achar que na vida real é possível fazer isso também!! Não sei se vocês sabiam, mas tinha sido programado que o tal personagem se relacionaria com um outro gay da trama. Mas parece que o autor da novela preferiu o sucesso a realidade. Deu ao público falso moralista o que ele queria!! UM GAY SE TORNANDO HÉTERO!!
    Essa novela até então estava muito boa, envolvente. Mas desde que começou a seguir por esse rumo, ficou pior que os vampiros que brilham do filme Crepúsculo – sabe quando você tem certeza que tá vendo uma coisa RIDÍCULAMENTE IMPOSSÍVEL acontecer, mas todo o resto está achando incrível, bonitinha, NORMAL?? É essa a sensação que eu estou tendo ao ver a novela!
    Antes, eu assistia SÓ pra ver o desenrolar do conflito do Roni. Mas agora eu praticamente ignoro essa parte da novela. É O CÚMULO DO RIDÍCULO!!

    Desculpa o desabafo, ficou um pouco grande, mas é que não aguento mais isso!! Bom, mas novamente, parabens MESMO pelo blog!! É o ÚNICO lugar no mundo que eu não me sinto um estranho. Aqui estou longe da ignorância desse mundo hipócrita, preconceituoso!!

    *Resolvi colocar meu verdadeiro Nick que eu uso na net, fica mais fácil rs.

    • Fala Darvin,

      Vou verificar isso de fazer um post com a sua sugestão.

      Infelizmente algumas novelas vao por uma linha estranha, nao sei para agradar a quem.
      Grande abraço

  4. Eu sou tão de boa com minha família que não tenho problemas, sabe?
    Sobre o comentário acima, você nem deve ficar procurando. Fazendo o que você gosta, vivendo e sendo você, um dia um alguém bacana chega.

    Ao ‘leke’ que escreve esse blog, gostaria de compartilhar minha felicidade de que vou morar na Inglaterra mês que vem e estou indo ao Rio nos próximos dias tirar o visto. Nossa, só vou passar um dia e meio, mas acho que estou tão feliz com a ideia de ir pro Rio que acho que não vou nem dormir pra aproveitar o que eu puder, heauheauh. =]

  5. O pior é saber que eu mesmo sendo gay sou tão preconceituoso quanto essas mulheres.Eu não gosto de ficar muito próximo dos gay pq tenho medo que pensem que sou,me incomodo quando amigos perguntam a minha melhor amiga (que sabe que sou ) se eu sou gay(pq eles não me veem com mulher e suspeitam),me incomodo com qualquer coisa que possa me associar a homossexualidade.E isso me atrapalha tanto,me impede de me relacionar.A grande verdade é que eu não consigo viver.”Apenas” isso.Não me relaciono,ignoro os homens que dão mole pra mim,tenho medo de tudo,medo do que vão pensar de mim.To um lixo de pessoa.E isso ta me fazendo me tornar um cara tímido,o que eu nunca fui, e introvertido.
    Foi só um desabafo.Desculpa te pertubar mais uma vez…to sempre aqui falando meus problemas.
    Abraços e ST!

    • Lucas, te entendo perfeitamente! eu todos os dias penso em mudar p/ Rio ou sampa (mas falta conseguir um emprego em uma dessas cidades) , que são cidades grandes ,com uma grande comunidade gay, e pode sair dessa mentira que eu vivo, meus amigos são todos héteros, e frequentemente eu vejo eles falarem com desprezo total sobre gays, em casa ouço o mesmo, e isso incomoda muito, por eu não poder dar minha verdadeira opinião, logo eu que gosto tanto de opinar, eu quero poder ser eu 100%.

    • Fala Lucas,
      Levanta a cabeça e sorria. Viva a sua vida, não se preocupe com gays ou com o que te perguntam, ou ficam curioso.
      Sugiro, faça um esporte vai te fazer bem
      abraçaoo

      • Pois é rapaz,meu único amigo gay,que é uma das melhores pessoas que eu ja conheci na vida,me aconselhou o mesmo.Ele disse que uma atividade física,qualquer que seja,vai me ajudar a melhorar e como eu estou muito sedentário,resolvi começar.Espero que vcs estejam certos.Abraços Tricolor.

      • Boa escolha.
        Abraçãoooo

  6. Muito obrigado! =D
    Voltei do Rio de Janeiro encantado, nossa! Passei só dois dias, mas deu pra sentir um pouquinho da essência da cidade e dos cariocas. Quando resolvi tudo do visto, andei só e sem rumo pelas praias, bairro da zona sul, parava e tomava um chop em algum canto, bom demais! Conheci pessoas amáveis, atenciosas, conversei com gente do Brasil todo, e esse ar de metrópole me fascina mesmo, rs! Apesar de na quarta estava nublado e na quinta com o sol, o carioca tem uma energia e aquele espírito praiano que adoro, e que mesmo Aracaju que tem praia, não tem. O fato de correr, praticar esportes, aquelas bicicletas do Itaú, amei demais a vibe, pirei! kkkk
    Bem, quando eu voltar ao Brasil, acho que é só para morar no Rio de Janeiro, eim? rsrs

    Sempre que puder vou dar uma olhada no seu blog, que gosto muito.
    Abração e tudo de bom pra ti.

    • Fala Mateus,

      Que bom que gostou do Rio!! Retorne sempre
      Grande abraço

      Sucesso ai!

  7. olá. Me identifiquei com esse texto. Eu estou no armário e sempre quis desde 9/10 anos tanto ser mulher quanto ter um namorado, mas por ter apanhado de meus pais e irmã hj sou muito tímido com poucas amigas e tento fingir não mais querer ser mulher e ter namorado, mas as vezes isso escapa e rolar briga. Não sei o que fazer. Atualmente estou com 36 anos e moro no Rio com Mamy. Bjs a todos!

    • SEja feliz, procure sair,conhecer pessoas bacanas, faça esportes, viva a cidade , redescubra seus sonhos. Sucesso!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: