O diário de um gay não gay: sou homossexual

Mensagem ao gays e não gays. Ou melhor ao ser humano!

In amor entre homens, bate papo gay, bissexuais, casamento gay, comportamento, dúvidas, dentro do armário, diferenças, discriminação, editorial, escolha sexual, esteriótipos, filme gay, gays, GLBT, GLS, gosto de homens, homossexuais, namoro gay, namoro um homem, opção sexual, parada gay, preconceito, primeira vez, revista gay, sexo, sexualidade, shelter o filme, sou gay on novembro 13, 2012 at 12:47 am

Passando aqui bem rápido para compartilhar o texto do leitor Alexandre Alonso. Ele merece ser lido, lido muitas vezes, e compartilhado. O façam. É de uma singularidade e grandeza sem igual.

“Queria deixar uma coisa bem clara:

Não existem boiolas, baitolas, viados, aberrações de deus, fanchas, sapatonas… não existem! Sabe o que existem? Existem seus colegas de trabalho, seus vizinhos, seus colegas e amigos de faculdade ou de escola, ou até mesmo de curso. Existem seus professores e alunos, diretores, monitores, secretários. Existem seus irmãos, primos, cunhados, tios, sobrinhos, filhos e até mesmo pais e mães. Existe o seu porteiro e o seu advogado, o seu contador, o seu motorista, o cara que te atendeu hoje na loja, o seu cabeleireiro, o seu atleta favorito, o seu ídolo do cinema, o líder da banda que você mais gosta. Existe o seu melhor amigo do primário e aquele garoto calado da escola que se matou no 2º ano, lembra? Quais nomes que costumavam chamar ele mesmo? Lembra disso também?

Toda vez que você fala “coisa de viado”, toda vez que você fala que fulano “dá a bunda”, toda vez que você zoa o seu amiguinho chamando ele de “boiola” são essas pessoas que você está atingindo. Não são entidades etéreas, existentes num plano independente do seu. Tampouco são seres emocionalmente invulneráveis. Quando você faz isso, ou usa essas expressões ou ri da “piada” daquele comediante “engraçado” da internet, você está jogando uma pedra em alguém que você ama e que vai sofrer às suas custas sem que você saiba. A sua “brincadeira”, as suas palavras e as suas risadas vão cortar essa pessoa que você ama como facas afiadas e você sabe o que essa pessoa vai fazer com você? Heim? Nada. Porque ela te ama e você, teoricamente a ama de volta. Ela então vai sofrer em silêncio enquanto você ri. Mas algumas dessas pessoas não ficam em silêncio pra sempre.

Será que você já se imaginou numa situação de humilhação? Será que você já se imaginou andando com quem você gosta na rua e sendo moral e emocionalmente reprimido por demonstrar afeto? Será que você tem noção do que eu estou falando? Se não tem, eu tenho certeza que pelo menos pensar um pouco sobre isso você consegue. E lembre-se, quando você chegar à conclusão de que tudo que eu disse é babaquice e que as suas convicções e as suas crenças são maiores que tudo isso, que aquelas pessoas que eu enumerei ali em cima continuam sendo aquelas pessoas. Elas vão continuar à sua volta e vão continuar sofrendo enquanto você ri, debocha, ora e diz que as ama.”

  1. Valeu por compartilhar, cara!

  2. Nossa falou tudo…

  3. Cabeça ,perfeição define esse texto. Parabéns Alexandre vc colocou de forma clara,direta, simples e até emocionante pra mim tudo o que penso

  4. Perfeito! Pensei em várias pessoas que precisam ler esse texto! Parabéns!

  5. Nossa como seria bom se as todas as pessoas fossem tão inteligentes ao ponto de compreender isso! O ser humano é burro e arrogante, sempre chego a essa conclusão. SOMOS TODOS IGUAIS INDEPENDENTEMENTE DA ORIENTAÇÃO SEXUAL. Excelente texto, diz tudo!!!

  6. Olha não pensei em alguém em especial, mas acredito que TODOS devem ler, esta opinião, que se faz presente em nós, po isso, postei em minha pagina na rede social (facebook) para que assim, as pessoas ao meu redor refletissem sobre a temática.
    Parabéns Alexandre por se expressar tão bem e parabéns ao blog sempre leio e reflito sobre e isso é sempre bom.

  7. Show de bola! Dá vontade de bota lá no mural de onde trabalho. Tem um monte de gente que precisa ler esses texto, pra vê que não estão imune, nem isolados de nós e da nossa condição sexual.

  8. Poxa, isso realmente merece ser compartilhado por várias pessoas em diversas redes sociais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: