Não esperar por um cara, para poder viver

Sabe, estava pensando aqui. Me perguntaram um dia desses se eu queria namorar, casar, morar com alguém. Hoje eu não tenho mais aquela aspiração do: é meu. É meu amor, meu namorado, meu marido, meu homem, meu etc. Não digo que quero viver só hoje. Mas não quero criar expectativas em ter o alguém. Também não quero virar o piranha. Dou meu pulinho é claro, sexo é bom. Mas nada exagerado em pegar geral. Nem ficar mais confinado como no passado me guardando para um para outro, ou esperando o príncipe encantado.

Bom, conselho um, depois de anos e décadas pisando em espinho a gente aprende e fica mais cascudo. Até um dia atrás até experimentei “morar” ou melhor conviver um mês com “um amigo colorido” embaixo do mesmo teto. Mas vi que não estava mais afim disso. Talvez cada um morando em sua casa desse mais certo e dormindo alguns dias juntos já estaria bom demais.

Hoje um amigo me perguntou se sou gay, eu falei, não, eu sou o que o momento me manda, se eu quero ficar com um cara fico, se eu quero ficar com minha mão eu fico, eu sei do que gosto, mas não me enquadro em nomenclaturas mercadológicas.

Bom, então sejam felizes rapazes e moças! Não esperem por alguém para viver. Vivam! Sorriam, busquem o mundo, aprendam com o diferente, se mesclem, se misturem e lambuzem com a vida e mais importante sejam honesto consigo mesmo.

Alguns de vocês terão um alguém, o esperando, outro terão uns alguns, os esperados, outros terão os passageiros com os quais trocando aprendizados e experiências e seguimos. Outros terão somente a si no amor, mas nada de ficar triste. Pois a coisa mais importante vocês terão, a si mesmo!

Desbravem o mundo e se misturem, amem a si e aos que se agregam a você e aos que irá conhecer pela frente, mesmo os momentâneos.

 

Anúncios

7 respostas para “Não esperar por um cara, para poder viver”

  1. Muito interessante o teu blog!
    Eu também não me encaixo nessa coisa de rótulo, “você é homo/hetero”. Gosto de ser homem! Gosto de transar com homens e mulheres.
    E como foi a reação do seu amigo quando você respondeu a ele se era gay? Maioria dos meus amigos são heteros, e por vezes me sinto reprimido de não dizer que também curto homens, ainda mais que estou tempo sem pegar mulher, de poder jogar realmente limpo, por puro medo, mesmo sabendo que uns ate desconfiam, e sei que não me deixariam de lado, mas é foda! Acho que vc me entende bem

    Um abraço!

    1. Fala PH! Eu também omito as vezes, so se insitirem muito, no mais as pessoas devem tem algumas pugas atrás da orelha por isso.
      Sinta-se em casa aqui.

  2. Oi, estou passando por um dilema. Tenho 35 anos e namorei um rapaz quase 3 anos a distância. Estou só há 2 anos já.
    Não consigo me relacionar com outros caras, já usei vários apps mas algo me bloquei até mesmo de sair para conhecer alguns contatos. Apesar de saber que não sou, me sinto promíscuo de sair para ter somente sexo com alguém.
    Não sei mais o que fazer. Quero viver a vida e não consigo.

  3. E qual é o problema de dizer que você é gay? Acho que você ainda não se aceitou. Por que sim, você é gay. Não é questão de rótulo. É questão de quem você é.

    1. Eu sou homossexual, gay não sou porque não sigo padrões. Pode homo é algo bem vasto, tem de vários tipos. É Diverso. Falei pra ele fico com homem, mas talvez nada me impeça de ficar com um homem e mulher ao mesmo tempo, ou nao ficar com ninguem. Se me perguntar o que sou vou dizer Homo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s