Ele finge pegar mulher, mas é gay

Ontem estava jantando depois do trabalho com colegas. E um deles falou, fulano não me engana com aquele jeito de viado dele. Eu também desconfio do cara. O cara tem namorada, mas se você olhar para ele, vai sacar que não é o que ele quer.

Bom, muitos caras usam isso para se esconder, para servir de álibi, caso a família, os amigos, o mundo pressionem. Bom, eu nunca fiz isso. Eu enganava a todos, mas nunca me escondi atrás de uma mulher. Há caras que o fazem porque ainda não sabem ou não tem segurança do que querem, isso é um processo. Outros se escondem o resto da vida ou boa parte da vida atrás de uma mulher. Pegar ou está com uma mulher seria um forte álibi. Tem mulher que se engana ou sabe até que o cara é gay, mas está com ele ou porque ama, ou porque tem interesse. É uma troca. Continue Lendo “Ele finge pegar mulher, mas é gay”

Anúncios

No mundo gay tem várias moradas

Bom, era para ter contato mês atrás essa história. No carnaval, um amigo meu me chamou para ir a um “bloco gay”. Eu sou meio averso a idas.  Faz tempo, que não vou a boate. Me afastei do que não me fazia bem. Mas como o meu amigo é ex leitor, que se tornou grande amigo meu fui com ele. Na verdade era um galpão perto do porto do Rio, que tinha uma pista de dança.

Fomos eu, ele e mais três amigos deles. Os amigos dele são assumidos, apesar de dois deles negarem para a família.  Continue Lendo “No mundo gay tem várias moradas”

Quase 11 anos

Um leitor me escreveu a pouco, e comentou já faz 10 anos que você escreve esse blog. Verdade. Parece que foi ontem. Muitos de vocês já estão mais maduros. Talvez alguns tenham aprendido com as experiências que trocamos aqui.

No mundo em que tudo ficou mais interativo, vídeos, som, instagram, etc. Ainda estamos aqui. E o bacana é ver que muita gente vem ler os post, troca idéias conosco, para alguns é alivio. Para mim escrever aqui, também é uma forma de mostrar as coisas que já vivi nesses quase 20 anos que resolvi me assumir para mim mesmo. Continue Lendo “Quase 11 anos”

O fake do mundo gay

Um dia desses estava olhando no app de encontros, tipo happn, grindr, etc. E nenhum dos caras que estavam ali me pareciam de verdade. Alguém vai falar, mas você também estava lá. Sim, estava. Deletei. E quando estava lá minha foto era normal.

Quando você entrar no app, no mínimo ou quer conhecer gente, quem sabe trocar umas idéias, e claro também, sexo. Não sejamos hipócritas.

Porém, o mais chato do app é que todo mundo é superior, bem sucedido, bonito, não tem defeitos.  Todos estão muito perfeitos. Claro, no jogo da conquista, quem vende ou tenta maquiar melhor o produtor se vende.  Continue Lendo “O fake do mundo gay”

Gay com depressão – Parte 1

Bom, este tema é muito importante. Muito de nós já passou por alto e baixos. Nem sempre nosso mundo é um mar de rosas como tentam plantar um grupo de gays. É um dia-a-dia repleto de pressões convencionais e também pressões sobre nosso modo de ser.

Quem já não se questionou: “Será que vou ser feliz?” ” Vou arrumar um amor?”, “Minha família vai me aceitar?” “Meu amigos vão me aceitar gay?” “Como vai ser a minha vida, não sou hétero?” “Devo me assumir gay?”.

Questões que em algum momento da vida já nos afligiu.  Continue Lendo “Gay com depressão – Parte 1”

Paquera Gay

Estes dias estava na porta do meu prédio, e recebi uma cantada estranha.

As vezes quando estou conversando com amigos ou porteiros na porta do prédio passa alguém e dá uma olhada, uma encarada, uma paquerada mais discreta. Acho bacana paquera, ser cortejado. Olhar é uma das coisas que mais valorizo. É tão mais excitante começar com olhar do que ir logo no sexual.

Estes dias tinha bloco no bairro e eu tinha voltado de um mergulho noturno no mar devido ao calor, estava na porta do prédio e vi um senhor se aproximar, eu estava só e ele já veio olhando para o meu short. Já pensei, putz, lá vem cantada sem pé nem cabeça.

“Oi, você sabe onde tem bloco, porque estou procurando o dia todo e não achei” Dizia o senhor sem parar de olhar para minha bermuda.  Continue Lendo “Paquera Gay”

Desejos reprimidos de um gays

Bom hoje vou compartilhar a história de um rapaz. Vou chama-lo de Carlos para preservar a identidade. Ele hoje tem um relacionamento de alguns meses com um outro rapaz mais velho. Mas as vezes a relação dele é tomada por desconfianças e ciúmes. Até ai ciúmes é algo normal em relações héteros e homo. Vez ou outra Carlos quer chutar o balde e pegar geral, fala muito nisso quando encontra os amigos.

As vezes ele acha que o namorado não o ama. Mas estão lá namorando mesmo assim. O namorado viajou para a Grécia, e ai que começou o circo a pegar fogo. Carlos soube que o namorado foi a uma festa gls quente numa ilha grega com amigos que ele denomina de “piranha”. Carlos quer acabar com o namoro. O namorado que está no Mediterrâneo a um mês diz que não aceita acabar e jogar tudo fora por ilações de Carlos…Carlos até propôs que enquanto o namorado estivesse viajando os dois dessem um tempo, tipo assim, você viaja a gente se dá férias e apronta. Diz Carlos que isso o faria melhor. Uma coisa meio sem pé e nem cabeça. Ou fica sério ou acaba.  Continue Lendo “Desejos reprimidos de um gays”

Quando o amor mudou meu destino

Bom, hoje, nesta noite de chuva, 5 de janeiro de 2018, faz aproximadamente 16 anos que vim morar no Rio. O tempo passou, já tive alguns amores e também desamores.

Sabe como vim parar no Rio? Conheci um cara no chat da UOL há 16 anos atrás, quando as pessoas ainda se conheciam no chat, e a única forma de saber como o outro era fisicamente no instante do contato era através de envio de e-mail para a pessoa. Ainda não tinha a cam, não tinha o whatsapp, ou se mandava e-mail e depois tinha coragem de ligar para ouvir a voz. Continue Lendo “Quando o amor mudou meu destino”

Amigos “heteros” se assumindo gay

Hoje descobri que um amigo meu se assumiu homossexual. Ele postou uma foto com o namorado. A surpresa foi que eu sempre o conheci como hetero. Morou com a namorada por uns anos. Era maior pegador da night de garotas. Inclusive quando a gente sai com a galera, sempre o via chegando nas garotas.

Esse é meu terceiro amigo, que se assumi. A uns 4 anos, outro amigo do futebol que também era maior namorador de mulher também se assumiu. Tem uma relação seria de 4 anos com um rapaz com o qual mora. Mas esse não postou foto se assumindo, mas posta foto com o namorado, e todo mundo sabe que são um casal. Continue Lendo “Amigos “heteros” se assumindo gay”

Elite Gay

Sim, pode até parecer preconceituoso falar isso. Mas sabia que existe Gay Negro, Gay Gordo, Gay Nordestino, Gay Pobre, Gay Roqueiro.

Encontrei um leito que se tornou amigão meu um dia desses para tomar uma cerveja, e ele reclamava disso. Que a “Elite Gay” aquele gay padrão, aquele gay que parece um Ken, acha que os demais são o resto.

Ele falava que em SP frequenta lugares em que homossexuais de diversos tipos se encontra. E podem fugir da ditadura de padrões gays. Ele citou exemplo que o Gay Metaleiro, e isso existe, não é o Gay querendo ser masculino não, como a Elite Gay prega que gay tem que ser somente de um tipo. Há gays que curtem rock in roll, que andam de preto sem ser emo.  Continue Lendo “Elite Gay”